Silly Season – As peças começam a mexer-se.

A noticia caiu como uma bomba. Todos esperavam que o nome que mais iria ser falado este fim de semana seria o de Alonso mas afinal o actor principal é outro. Sebastian Vettel, o Tetra campeão do mundo pela Red Bull vai sair no final do ano, tudo indica rumo à Ferrari. Para quem tem acompanhado os rumores não é nada de muito surpreendente e já o tínhamos afirmado várias vezes que a vontade do alemão poderia passar por seguir os passos de Schumacher. E no fundo está. Alemão, já com títulos no seu currículo, vai para uma Ferrari que está a preparar o renascimento depois de uma fase negativa. Em tudo semelhante ao percurso de Schumi. Será uma boa jogada por parte de Seb? Não podemos dizer que não. Tudo na vida é feito de ciclos e o seu ciclo na Red Bull estava a acabar. Já ganhou tudo o que tinha para ganhar com os Bull´s e talvez precise de um novo desafio.  Além disso, precisa provar que é de facto um piloto ao nível de Alonso ou Hamilton, algo que ainda não lhe foi concedido devido aos fenomenais carros de Newey, que facilitam em muito a vida ao piloto. É assim uma forma de começar de novo e mostrar o seu valor.

De saída está Alonso. A Ferrari não está por meias medidas e despacha assim o melhor piloto do grid… ou terá sido o espanhol a forçar a saída? De qualquer forma, a curto prazo é uma perda importante para a Scuderia, pois Seb não terá a capacidade de fazer os “milagres” que Alonso faz. A Ferrari fica com um line up muito forte para o próximo ano, como Kimi e Vettel mas Alonso… é Alonso. Para onde vai agora o espanhol? A Red Bull já anunciou Kvyat, numa manobra algo surpreendente, pois fica com uma dupla de pilotos que não dá tantas garantias como a actual, embora com excelente potencial. Ricciardo já provou que é bom mas será capaz de manter a qualidade para o ano? E Kvyat? Terá cabedal para aguentar a pressão da Red Bull? A Mercedes é uma questão que não se coloca, e das equipas que poderão dar a Alonso a possibilidade de lutar pelo derradeiro titulo resta a … McLaren pois claro.
Ron Dennis tem andando a namorar Alonso desde o inicio do ano, e a vontade é de fazer um line up forte para o próximo ano para animar ainda mais a chegada da Honda. Ao estilo dos anos 80. E com este anuncio da saída de Alonso, tudo indica que será a McLaren o destino do espanhol, embora estranhamente todos andem a fugir à questão. Resta saber quem será o companheiro de Alonso. Button ou Magnussen? Pelos rumores que correm deverá ser Button a ter guia de marcha. Magnussen é clara aposta da estrutura e Button já não caminha para novo. Embora uma dupla Button / Alonso seja muito mais apelativa que a dupla Magnussen/ Alonso. Button tem experiência, é campeão e tem uma forte ligação com o Japão. Será que Ron Dennis teria a coragem de despromover Magnussen para uma equipa de meio da tabela para ficar com um line up de sonho. A frieza e a inteligência de Button com o fogo e o talento de Alonso é algo que faz sonhar muitos.  Decisão difícil.
Resta conhecer também quem será o piloto que ocupará a vaga da Toro Rosso. Verstappen tem o lugar garantido mas agora sobra um assento. Fala-se de Sainz Jr para o lugar mas a verdade é que a sua experiencia em F1 é nula. Quererá a Toro Rosso apostar numa dupla tão inexperiente? Restam duas hipóteses, ou contratar um piloto pagante para equilibrar as contas… ou Félix da Costa (sim não deixamos de acreditar). Da Costa tem experiência na F1, e piloto de reserva Red Bull e tem competido no DTM. Seria uma forma de garantir alguma experiência, sempre necessária a este nível. Sainz jr estava falado para a Caterham mas a equipa está mais próxima do fecho de portas do que de seguir para 2015. É muito provável que o nome Sainz faça mexer interesses no seio do grande circo mas nesta altura já tudo é possível. A esperança voltou a renascer.

Neste momento os Line up´s estão assim:


Mercedes
Hamilton/ Rosberg
Não parece que a equipa vá mexer na dupla. É a melhor dupla do grid e estão 100% ambientados à equipa. Mudar agora poderia ser um retrocesso para os pilotos e para a própria equipa que quer continuar a dominar.
Red Bull
Ricciardo/ Kvyat
Chegar ver e vencer.  O russo convenceu  e terá o seu lugar de sonho para o próximo ano. Já Ricciardo despachou a concorrência de Vettel e poderá ter agora mais privilégios de nº1. Será capaz de manter o nível? É a pergunta que se coloca.
Ferrari:
Raikkonen/ Vettel
Dois bons amigos que vão trabalhar juntos pela 1ª vez. Desengane-se quem pensar que a Ferrari irá estar no topo logo no inicio. Há muito para mudar e reformular. Kimi não deverá ficar muito mais tempo e Bianchi está na calha. Um projecto para crescer gradualmente.
McLaren
Alonso?/ Button?/ Magnussen?
Tudo por definir na McLaren. Mas uma dupla Alonso / Button seria excelente, embora despromover um talento como de Magnussen fosse um golpe muito forte.
Toro Rosso
Verstappen/ ?
Sainz Jr? Félix da Costa? Alguém com a carteira grande? Neste momento é tudo incerto. A Toro Rosso é a casa de estágios da Red Bull, que não tem problemas de dinheiro. Mas as decisões de Marko são sempre surpreendentes. Já agora… que azia que o homem deve ter ao ver o seu menino bonito ir para a Scuderia.
Force India
Hulkenberg/ Perez
Dois excelentes pilotos, mas que perdem consecutivamente o comboio das equipas grandes, especialmente Hulk. Mais uma época na Force é o que os espera. Boatos sobre a saída de Hulk para o WEC já se fizeram ouvir. Se a Force continuar a crescer poderá não ser tão mau quanto parece.
Lotus:
Maldonado/ Grosjean?
O Venezuelano está certo para 2015, mas Gorsjean queria dar o salto, no entanto parece ter sido esquecido pelos grande. Se calhar terá de se contentar com a Lotus. Não dá para mais este ano.
Sauber
Van der Garde? / ?
Sutil está de saída e Van der Garde e os seus bolsos recheados estão na calha, caso a equipa se mantenha o que é ainda uma incógnita. Gutierrez é um piloto com bons patrocínios, mas a prestações não têm convencido. Pode estar de saída? Quem se candidata ao lugar?
Marussia/ Caterham

Na Marussia está tudo por definir. Bianchi quererá outros desafios e Chilton depende do dinheiro do pai. Mas se as vagas estão todas ocupadas no topo como Bianchi poderá subir? Está numa posição dificil.  Na Caterham… se houver Caterham para o ano falamos. Até lá não contam para este totoloto.
Está tudo em brasa. 
Fábio Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.