WRC – Rally de Gales: Análise aos pilotos.

 

foto: XPB Images

Ogier termina a temporada com a 8ª vitória nesta época, no ano do bi-campeonato para o francês. Com um primeiro dia bem equilibrado entre si e Latvala, o único com andamento para Ogier, a verdade é que o piloto nº 1 da Volkswagen teve a vida bem facilitada com a saída de estrada do seu colega de equipa e consequente perda de 3 minutos, o suficiente para ficar arredado da luta pela liderança da prova. A partir dai Ogier teve somente de controlar a larga vantagem que dispunha sobre Hirvonen. Sem azares e com mestria, soube levar o seu barco a bom porto, vencendo e coroando da melhor maneira a despedida da temporada em que, pelo segundo ano consecutivo, é consagrado campeão do mundo de ralis. Vem ai 2015, com o mesmo objectivo, mas na garagem ao lado mora alguém que ambiciona roubar o título ao francês. Para já todos os louros para Ogier, parabéns campeão!

 

foto: XPB Images

Hirvonen teve em Gales a sua despedia de uma carreira de 13 anos no WRC, inspirando-se, e realizando talvez a sua melhor prestação desta temporada. O Finlandês divertiu-se e divertiu o público com uma boa luta com Meeke e Ostberg pelo 2º lugar no rally. Levou a melhor, e terminou a sua carreira como um “campeão” deve terminar, com um sorriso na cara, o mesmo com que um dia chegou ao mundial de ralis. Termina assim uma bonita história, de um piloto que para sempre ficará para sempre conhecido por “quase ter batido S. Loeb” na sequência de 9 títulos de campeão do mundo. Obrigado por tudo!

 

 

foto: XPB Images

Ostberg também ele se exibiu a um bom nível, tendo em conta a temporada difícil que teve pela frente, onde os resultados nem sempre “saíram”. O Norueguês andou entretido com Meeke e Latvala na luta pelos lugares mais baixos do pódio, perdendo algum fulgor já no decorrer no último dia e chega ao 3º lugar final após os problemas de Meeke com o seu Ds3 WRC. Os azares fazem parte das “regras” do WRC, e o piloto da Citroen estava no sítio certo para assegurar o seu 4º pódio da temporada. Chegará para manter o lugar na próxima temporada? Vem ai tempos decisivos para Ostberg, no que diz respeito ao futuro. De Gales vem com nota positiva.

 

 

foto: XPB Images

Neuville passou um pouco ao lado desta prova e acaba com um “menos mau” 4º lugar na geral. O Hyundai I20 WRC teve a primeira experiência neste tipo de ralis, onde a lama “reina”, e acabou por sair com nota positiva. Apesar de algo distante das lutas cimeiras, souberam aproveitar os azares alheios para subir umas posições. Neuville termina esta temporada com uma vitória no “bolso” e a promessa de uma temporada de 2015 certamente com outros objectivos.

 

 

 

evansEvans, mais um jovem piloto lançado por Malcolm Wilson, termina o rally da “casa” a fechar o top 5. De facto pode não ser aquele piloto extraordinário, que marca tempos incríveis até terminar a prova na valeta. Ao invés disso, é consistente, regular e vai mostrando sinais de evolução, ganhando pontos para o campeonato, para ser de novo chamado ao serviço na próxima temporada na M-Sport. Gostamos deste jovem piloto e achamos que, sem dúvida, poderá ser um bom piloto num futuro próximo, M. Wilson achará o mesmo? Esperemos que sim. Ver Evans na Ford em 2015 seria um prémio justo para o britânico.

 

 

foto: XPB Images

Meeke tinha a esperança de fechar com chave de ouro a temporada, a sua primeira a “full time” no WRC e logo a correr em casa. Mas as coisas começaram razoáveis, melhoraram e terminaram mal. Um rally intermitente por parte do britânico, que lutou com Hirvonen pelo 2º lugar na prova, até uma ligeira saída de estrada ter danificado uma roda do seu Ds3 WRC e ter feito com que Meeke acabasse as 2 ultimas especiais da prova em grandes dificuldades, terminando o rally na 6º posição. Injusto, mas é rally. Ainda assim uma temporada positiva, que teve bons momentos e bons resultados, prometedores para a temporada de 2015, onde já é certo e sabido que fará parte das fileiras da Citroen. O prémio justo para um piloto claramente de mundial.

 

wrc-rally-wales-gb-2014-ott-tanak-and-molder-raigo-ford-fiesta-wrcTanak teve seguramente ordens para terminar a prova e por isso mesmo fez um rally sem correr grandes riscos. Este sabe e pode mais do que mostrou em Gales. Certamente que “ordens superiores” o fizeram manter alguma calma no momento de acelerar, terminado em 7º lugar. No dia de despedia de Hirvonen, este poderá bem ser o seu sucessor no Fiesta WRC em 2015. Terá uma segunda chance Tanak? É uma boa possibilidade. Nós gostamos e aprovamos a ideia, pois este miúdo faz muita falta ao mundial.

 

 

 

Motor Racing - World Rally Championship - WRC Wales Rally GB, Deeside, FlintshireLatavala continua a sua saga de azares e desta vez, quando discutia a liderança com Ogier, voltou a ter uma saída de estrada comprometedora, caindo muito na geral e terminado a prova em apenas 8º na geral. A verdade é que a sorte e o azar batem quase sempre à mesma porta, e desta vez não fugiu à regra. Venha a próxima temporada, de cabeça limpa, e poderemos ter um grande mundial, bem equilibrado entre Latvala e Ogier. Sem as saídas de estrada do finlandês, o francês vê a sua vida dificultada, pois este é talvez o piloto mais rápido do WRC, mas não chega para vencer, porque bate sempre…na vala.

 

 

Motor Racing - World Rally Championship - WRC Wales Rally GB, Deeside, FlintshireProkop basicamente não sai deste registo, porque também não sabe mais do que isto. Cada um tem o direito de fazer o que mais gosta assim tenha dinheiro para o fazer. Na boa! Mas este será o “turista” mais sortudo do mundo. Um bem-haja Prokop. 9º Lugar e mais dois pontinhos até para o ano amigo!

 

 

 

 

Motor Racing - World Rally Championship - WRC Wales Rally GB, Deeside, FlintshirePaddon termina a sua temporada de estreia no WRC, com um rally nos pontos. Eu pessoalmente gosto deste piloto, que já prometeu voltar na próxima temporada, faltando saber em que carro. Apostamos na continuidade na Hyundai, o que faria todo o sentido. Alguns azares ao longo da lama britânica, e um 10º lugar que não espelha a sua qualidade. Venha 2015, e dá-me razão Paddon. Este tem qualidade.

 

 

Carlos Mota

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.