WRC: As movimentações de um mercado praticamente fechado.

m sportA equipa M-Sport de Malcolm Wilson confirmou no dia de ontem o seu “line up” para a próxima temporada, dando continuidade ao jovem E. Evans, e como esperado a promoção de O.Tänak, à equipa principal da Ford, no que será o maior desafio da sua carreira até agora. O piloto estónio regressa assim à categoria máxima dos ralis, depois da difícil temporada de 2012, onde a falta de experiência, aliada a alguma inconsciência, levavam a uma desmedida rapidez, tornando os abandonos “o prato da casa”. Tem em 2015 uma segunda oportunidade, oferecida pelo patrão Malcolm Wilson, que se mostra entusiasmado com a dupla escolhida para a temporada que começa em Janeiro.

“Penso que será justo dizer que vamos juntar uma das duplas mais excitantes do WRC. Não tenho dúvidas do potencial do Elfyn [Evans] e do Ott [Tänak] e estou ansioso para ver o que eles são capazes. Temos alguns bons desenvolvimentos no horizonte para o Fiesta RS WRC, que vamos implementar ao longo da época, e agora resta explorar o potencial de todos no próximo ano”, foram as palavras do “boss” na hora de apresentar a dupla de pilotos.

Como é óbvio Ott Tänak era um homem feliz com este regresso ao mundial de ralis, como se pode comprovar pelas declarações, “Estou feliz, vai ser um desafio enorme e uma grande responsabilidade, mas estou pronto. Tenho que encontrar o meu ritmo nas primeiras provas, mas cresci enquanto piloto e quero agradecer ao Malcolm [Wilson] por me dar esta segunda chance.”

Nós estamos também contentes com o regresso deste espectacular piloto que, sempre o dissemos, faz muita falta ao campeonato.Mais maduro e com mais experiência, Tanak poderá fazer resultados interessantes, aliado claro a uma condução sempre espectacular, já uma tradição deste jovem piloto.

Foto: M-Sport
Foto: M-Sport

Também de E. Evans é de esperar mais na próxima temporada, já que o ano de 2014 serviu essencialmente para conhecer o campeonato, as suas provas e adquirir o conhecimento profundo sobre o que é correr num WRC. Esta temporada aqui e ali já conseguiu ser mais rápido do que o agora retirado M. Hirvonen, mas a sua juventude não permitiu grandes resultados. Terá agora a temporada de 2015 para mostrar o que pode valer. Sem pressão, pois não conduzem o “melhor” carro do pelotão, esta dupla tem boas condições de mostrar argumentos para rodar entre os mais rápidos, pois não lhes é exigido o título, apenas boas prestações. Sem dúvida a seguir com muita atenção.

Com esta “apresentação” a “silly season” do WRC, promete não ser tão quente como a da temporada transacta, pois a Volkswagen está fechada aos três pilotos residentes, pois em equipa que ganha não se mexe. Na Citroen já foi anunciada a continuidade de K. Meeke, depois dos bons apontamentos desta temporada, capaz de ombrear com os mais rápidos em alguns ralis, numa temporada praticamente de estreia. As idas as “valas” foi coisa que também se viu por ali. Ganhando consistência, Meeke poderá ser um piloto a ter em conta na luta pelas primeiras posições em 2015.

Foto: XPB Images
Foto: XPB Images

Ostberg na nossa opinião deverá continuar a defender as cores da equipa francesa, pois não será espectável que Matton dê o lugar a outro piloto que não tenha real conhecimento do Ds3 WRC, o que faria “perder” metade da temporada a alguém que entrasse de novo, até conhecer a montada em questão. Por isso a continuidade de Ostberg parece-nos o desfecho final desta situação ainda pendente.

A Hyundai como é sabido já tem Neuville assegurado por mais duas temporadas, e recentemente anunciou também a continuidade de Sordo. O espanhol na próxima temporada terá um programa mais alargado, depois dos bons registos ao volante do I20 WRC, que na próxima temporada receberá um “refresh” estético, com o novo modelo da marca coreana. Faltando apenas saber quem acompanha esta dupla com um terceiro carro, que ao que tudo indica poderá ser para H. Paddon, que já confirmou a sua presença na próxima temporada do WRC, que deverá passar de novo pela Hyundai.

Foto: Hyundai
Foto: Hyundai

Por esta ordem de lógica, e se os nossos prognósticos acerca das incógnitas estiverem certos, falta apenas saber quem ficará no terceiro carro da M-Sport, quando é quase certo que não será par Kubica (ainda bem, ele que nos desculpe). Aqui para nós até poderia ser para B. Sousa e H. Magalhães que a agente por cá não se importava nada, e seria um prémio bem justo para a dupla portuguesa.

A terminar, mais uma confirmação para a temporada de 2015 com Lorenzo Bertteli a anunciar o salto para a categoria WRC, depois de 3 anos em WRC2. Este não precisa de equipa nem de patrocínio, pois budget não falta para aqueles lados. Mas não sejamos injustos pois o piloto não tem culpa de ter um pai milionário e até que o rapaz tem aprendido alguma coisa ao longo dos anos, dando os passos certos e na hora exacta. Não é um primor de piloto, mas talvez chegue para bater uns Prokop´s que para ali andam. Veremos.

Para já é a situação das trocas e renovações para a temporada de 2015 do WRC, parece que será bem menos quente do que em anos anteriores. Por falar em quente, que venha o frio de Monte Carlo que a malta já tem saudades.

Atá lá..if in doubt flat out!

 

Carlos Mota.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.