CNC 1300 – Reacção de alguns pilotos: Luís Costa

Luís Costa, piloto de Vila Real que participa no CNCC 1300 ao volante de um Datsun 1200 corria em casa, num circuito que tão bem conhece e onde aspirava alcançar um bom resultado  na sua  classe. O piloto local partilha bonito Datsun com Nuno Soares, piloto que realizou a primeira corrida, alcançando um bom 2º lugar entre os participantes do campeonato clássicos 1300.

Como a ordem de partida para a corrida 2 se define pela ordem da classificação da corrida 1, Luís Costa teve direito a um bom lugar de largada, depois do excelente desempenho do seu colega.

A ambição era alta e vencer nos 1300 era o desejo do piloto, mas o facto de correr em casa traz sempre alguma ansiedade e nervosismo que nem sempre é benéfica.

Falamos com o piloto sobre a sua participação em Vila Real, que se mostrou satisfeito pelos resultados do fim-de-semana e radiante por ter participado nesta enorme festa do automobilismo em Portugal.

“ O balanço final é espectacular, como sempre Vila Real é única. Perguntaram-me na sexta-feira se achava que estava pouco público, e eu disse que só na sexta-feira estava mais gente do que apanhamos durante a época inteira do campeonato nacional. “

“Sobre a prova, o Nuno ontem fez uma excelente prova, deixando-me um bom lugar na grelha para o dia de hoje, pois foi segundo nos clássicos 1300, mas eu falhei! Estava muito nervoso, quase não consegui dormir à noite porque achava que conseguia chegar ao primeiro lugar. Estava muito ansioso e falhei a partida e baixei para o 3º lugar. Depois andei em luta entre o 3º e 4º, consegui ficar em 3º nos 1300. Consegui minimizar o prejuízo”

Admitindo que a ansiedade e o nervosismo de correr perante a sua cidade possa ter prejudicado a busca de um resultado melhor, ainda assim Luis Costa era um homem feliz no final das “festividades”. E quando lhe perguntamos o que acha deste circuito e deste ambiente ele não tem dúvidas “ Vila Real não é a capital do automobilismo em Portugal, Vila Real é a capital do automobilismo no mundo.” Está tudo dito!

A luta pelo título dos 1300 fica assim mais complicada, como nos confidenciou o piloto, mas tudo fará tentar chegar ao segundo posto final.

Seguem-se depois da pausa de verão, as provas de Jarama e mais tarde em Portimão, provas essas já com presença confirmada do piloto.

Da nossa parte desejamos toda a sorte para o que falta correr em 2016 e os parabéns pelo belo desempenho em Vila Real.

 

Carlos Mota

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.