Mattias Ekström em alta

Se nos pedissem para escolher um piloto que nos tem chamado à atenção, nós escolhíamos facilmente Mattias Ekström. Claro que temos outros pilotos que achamos que estão a fazer uma época brilhante, começando por Tiago Monteiro ou João Barbosa ou Pedro Lamy e só referimos portugueses. No entanto, Ekström está a provar ser um piloto multifacetado, com conquistas importantes tanto no super competitivo DTM, como no enérgico WRX.

 

Mattias Ekström não é nenhum jovem, mas pelo que parece aceita qualquer desafio que lhe apareça da mesma forma. Actualmente compete no DTM pela Abt Sportsline e desde 2014 no FIA World Rallycross Championship onde em 2016 foi campeão mundial. No  DTM desde 2001, a sua melhor marca pessoal no campeonato foi o primeiro lugar na época de 2004 e 2007. Participou em provas do NASCAR, do European Rallycross Championship, do Global RallyCross Championship e dos V8 Supercar.

 

 

Antes do DTM, Ekström como qualquer bom piloto sueco que se orgulhe, passou 4 épocas no STCC, de 1997 a 2000, sendo campeão em 1999. Participou por 6 vezes no WRC no Rali da Suécia, para além de participações em dois Rali da Alemanha.

Parece ter “alguma” experiência! Mas não são os números ou as várias participações em provas de diferentes campeonatos ou séries, são mesmo as prestações que nos chamaram à atenção.

No último fim de semana, só conseguiu pontuar na corrida 1 do DTM, mas não fosse ter entrado cedo demais para o pit stop obrigatória da corrida 2, antes de ter começado a chover, e possivelmente terminaria perto do pódio. E a prestação do sueco na corrida 1 foi “apenas” fantástica. Partiu de 17º e terminou em 5º, com ultrapassagens brutais.

No mesmo fim de semana e no mesmo local, em Hockenheim, venceu a jornada alemã do WRX, sendo a sua 3ª vitória consecutiva no mundial. Um bom início de defesa do seu título de campeão!

Pode já não ser novo, mas Ekström surpreendeu-nos, já mesmo no ano passado, mas podia ser apenas 1 ano “sim”. Com as prestações do WRX e da primeira ronda do DTM, o sueco deu-nos uma “chapada de luva branca” e provou-nos que a qualidade não tem idade.

Na nossa opinião, Mattias Ekström é o piloto, dos maiores campeonatos motorizados, que entrou melhor nas categorias onde compete.

 

Pedro Mendes

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.