Super Seven by KIA – Campeão Araújo não vence mas convence em Vila Real!

A prova do Super Seven by KIA 2017 que se realizou este fim-de-semana no circuito citadino de Vila Real não foi fácil para o campeão em título, Hugo Araújo.

O piloto do Caterham R300 #99 apoiado pelo Grupo COPEFI, TUDOR, GVB, SEEGNO, TRAMA, RVP, S&B Motors, OPT, Autódromo Virtual de Braga, Playdriver, TheRacingMindCoach e peperacingdesign tinha o objectivo de vencer no traçado transmontano, repetindo o feito da última visita dos Seven a Vila Real, em 2014. No entanto, uma qualificação menos conseguida, parecia deitar por terra as aspirações a um bom resultado.

“Infelizmente durante os treinos livres não fui capaz de perceber que o Setup não era o ideal para este traçado. Como arranquei com pneus novos e também como achei que não fazia sentido atacar desde logo o cronómetro, achei que tinha margem de progressão mantendo o Setup definido” refere o piloto.

“Para piorar, o Nuno (Santos) bem mais experimentado em termos de afinações do que eu nem rodou devido à interrupção do treino por óleo na pista”.

Os pilotos do Seven #99 partiram para o treino cronometrado concentrados em extrair o máximo do potencial do seu 420R, mas o melhor que conseguiram foi a sexta posição à geral para ambos.

“Não estou satisfeito com este resultado. Sei que podemos fazer muito melhor e estou certo que a minha equipa nos irá entregar um carro a 100% para a prova de amanhã” comentava o piloto bracarense logo após o treino cronometrado. O piloto que antes da prova comentava que o lugar obtido na qualificação não era decisivo mesmo apesar de se tratar de um circuito citadino, teria de provar isso mesmo na corrida que se disputaria no Domingo.

press_vilareal1.jpg

Partindo da sexta posição Hugo Araújo adotou uma toada cautelosa no início da corrida “sabemos que ninguém ganha uma corrida na primeira volta, muito menos num circuito citadino” – comentava o piloto, chegando inclusivamente a ser ultrapassado por um adversário caindo para o sétimo posto.

“Estava a tentar adaptar-me às novas afinações mas com cautela para não cometer erros. A CRM Motorsport e todo o seu Staff fizeram um trabalho estupendo pois entregaram-me um carro totalmente diferente e no qual eu estava a começar a sentir-me cada vez mais confortável.”

O piloto demorou algum tempo a entrar no ritmo e chegou a rodar mesmo a cerca de 3 segundos do 6º classificado e mais de 14 para os líderes da corrida, mas assim que a confiança no carro que a sua equipa lhe entregou foi crescendo, Hugo Araújo passou a ser o piloto consistentemente mais rápido em pista e encetou uma recuperação notável, principalmente num circuito tão difícil e exigente como Vila Real.

“Julgo que fiz uma das melhores provas da minha carreira. Passar de 7º para 3º num circuito como Vila Real, num troféu tão equivalente e competitivo como este deixa-me satisfeito. Saio triste por não vencer a prova que tanto queria vencer, pelo público, pelos amigos, pelos patrocinadores e pelo significado que tem para mim, mas acaba por ser uma boa operação para o campeonato tendo em conta a posição em que estávamos no início da corrida.”

Hugo Araújo terminou a prova no 3º lugar da geral e 2º entre os portugueses quando a mesma foi interrompida devido a um acidente na zona da rotunda da MCoutinho.

O piloto inicia agora o período de pausa regressando à competição em Jerez La Frontera nos dias 23 e 24 de Setembro.

Press Info

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.