5 anos depois… Barcelona

Em 2013 um grupo de 4 amigos juntava-se para fazer um blog sobre desportos motorizados. Depois de muito adiar, resolvemos a difícil questão do nome em 5 minutos e lá fui eu para casa fazer um blog, algo que já tínhamos feito por outros motivos no passado sem sucesso.

Começamos a fazer alguns textos sobre o desporto motorizado no geral, mais com alma do que com qualidade. A média de visitas na altura não era grande, como devem calcular, mas havia dias em que tínhamos mais visitas do que outros (talvez fossemos nós a visitar mais vezes o texto). Um ano depois tínhamos uma espécie de método, seguíamos algumas modalidades a sério, com antevisões, análises etc… ninguém nos ligava muito é certo, mas curtíamos à brava. Se nessa altura nos dissessem “daqui por uns tempos vão ver o lançamento de uma nova competição  FIA a Barcelona” éramos capazes de responder “F***-se, por essa altura já tou na F1”. Depois íamos rir muito e rendermo-nos às evidencias dizendo que se calhar era um bocado ambicioso demais.

 

No passado dia 3 de março o Chicane fez 5 anos. Nesse tempo passamos de um bloguezito para meia dúzia de pessoas ler, para um blog com uma dúzia de seguidores mas que já nos proporcionou momentos fantásticos e nos permitiu conhecer pessoas igualmente fantásticas. E foram esses conhecimentos e essas pessoas que permitiram que a oportunidade de ir a Barcelona ver o lançamento do WTCR surgisse. Vamos poupar-vos aos detalhes e falar apenas da experiencia lá.

 

Já tínhamos tido uns laivos de como era ser jornalista de desporto motorizado mas em Barcelona tivemos o pacote completo. Assim que chegamos lá, começamos a falar logo com pilotos e com outros jornalistas de publicações de renome mundial. É mais ou menos como uma equipa de meio de tabela portuguesa chegar à Champions. Mas mantivemos a postura e fizemos o trabalho de recolha o melhor que conseguimos.

As conversas com Bjork, Michelisz, Oriola e Coronel foram as mais marcantes. A de Tiago Monteiro ficou a um nível acima destas, pela relevância e pela classe com que o português fala de todos os assuntos, com conhecimento de causa. Ouvimos frases feitas, histórias deliciosas, comentários genuínos e curiosidades interessantes. Foi uma experiência tremenda. Depois seguiu-se a apresentação oficial aos media. Uma cerimónia bem organizada em que todos os intervenientes deram uma palavra. O grande destaque da noite foi mesmo para o aplauso demorado a Monteiro, que continua a recuperar a um ritmo tão elevado quanto o que imprimiu nas corridas de 2017. Seguiu-se o buffet (não ficamos fãs da comida isso é certo) e a ida para o hotel para recuperar. Claro que como seria de esperar ainda andamos a conhecer os cantos a casa o que no final deu em pouco menos de 5 horas dormidas pois as 8 já estávamos a caminho da pista.

 

Como já devem ter reparado somos tipos simples com gostos ainda mais simples. Ponham-nos numa qualquer pista a ouvir o som dos motores e somos felizes. Foi o que aconteceu no dia seguinte. Ali, naquela pista em que as principais competições do desporto motorizado competem, vimos o nascer de um novo campeonato. Vimos história. E vimos de perto, de muito perto, um privilégio que queremos acreditar que foi de alguma forma merecido, embora com muita sorte à mistura.

O momento alto dos dois dias? Para mim, provavelmente percorrer a pista da Catalunha, enquanto os carros continuavam a rodar, a falar de corridas com o Pedro. O conteúdo da conversa espremido dará pouca coisa, é certo mas é algo que provavelmente recordarei durante muito tempo. Era a única coisa que tinha realmente planeada fazer desde que ficou confirmada a ida… dar uma volta à pista, se fosse possível. Felizmente foi e valeu a pena. Ficar a ver os carros a fazer o último sector é de facto brutal. O som das reduções, a forma como os carros atacam as curvas, o cenário daquela zona… é top!

O campeonato promete muito, os pilotos estão com muitas “ganas” e querem mostrar o seu valor, acreditando que o factor “carro”, embora importante, não será tão diferenciador como noutros campeonatos. E estão todos dispostos a dar trabalho aos chapeiros, se for caso disso. Não vai haver cuidados para não estragar a aerodinâmica. Se a porta ficar meio aberta, há gente com vontade de abrir o resto a pontapé se for preciso… à boa moda dos turismos. A história do Giovanardi, no primeiro encontro de primeiro grau com Plato no BTCC, é a prova de como os pilotos de turismo resolvem as coisas… O britânico fez questão de lhe dar as boas vindas com vários toques viris, e o italiano deixou passar Plato, um dos grandes nomes do BTCC, atirando contra um muro pouco depois, ao que se seguiu a explicação de viva voz: “Amigo, eu não teu conheço e tu não me conheces. Se me respeitares, eu respeito-te, se não o fizeres, todas as corridas vais acabar contra o muro. Desde esse dia nunca mais tive problemas com ele.” Desporto motorizado também é isto… luta psicológica em que o mais forte tem vantagem e quem fraquejar fica arredado. Ouvir estas histórias por parte dos intervenientes… é delicioso. Se nos perguntarem se vai valer a pena… vai valer muito a pena seguir o campeonato. Os ingredientes estão reunidos o espectáculo vai ser muito interessante.

5 anos depois de muito trabalho, em que fomos crescendo, melhorando (dizemos nós com alguma esperança) e perdendo, infelizmente, alguns membros que estiveram connosco, mas que farão sempre parte da nossa caminhada, continuamos por aqui. Umas vezes melhor outras pior, com mais ou menos tempo,  mas sempre com paixão pelo que fazemos. Não podia ter pedido prenda melhor para festejar a efeméride. Já tivemos oportunidade de agradecer a quem proporcionou isto pessoalmente. Restava agradecer a quem nos segue e acompanha o nosso trabalho. Até onde vamos chegar? Não sabemos. Mas o caminho feito até agora já nos faz ter orgulho do que conseguimos.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.