MotoGP – Cal Crutchlow vence corrida com caos, drama e emoção em terras argentinas!

O titulo resume na perfeição o que se passou ao longo do GP da Argentina. Este grande prémio teve de tudo um pouco. Começou com atraso, Marc Márquez  viu-se envolvido em alguns incidentes e foi sancionado várias vezes ao longo da prova. Valentino Rossi caiu após um toque com o espanhol da Honda, Márquez…isto tudo tornou esta corrida memorável. No final Cal Crutchlow sagrou-se vencedor.

Miller conseguiu  a largada mais fácil da sua carreira, enquanto todos os restantes pilotos tentavam ter o melhor arranque possível nas condições em que a pista se encontrava.

29739225_1694778900607747_7576162000489676800_n(1).jpg

Após a primeira volta a corrida encontrava-se da seguinte maneira: Miller, Márquez, Rins, Zarco e Crutchlow. À entrada da segunda volta já Marc Márquez já se encontrava colado ao australiano Miller, mostrando ser o piloto mais rápido em pista, sendo que poucas curvas depois, o espanhol conseguia deixa-lo para trás. Mas nem tudo era perfeito para a Honda, que via Dani Pedrosa abandonar, após uma queda.

As Yamaha estavam longe dos lugares cimeiros e não se conseguiam encontrar. Jorge Lorenzo era apenas 22º.

Márquez encontrava-se na liderança isolado e era fácil  verificar que se nada de anormal acontecesse seria uma vitória fácil, mas estava enganado. O arranque do espanhol estava a ser investigado pela direcção de corrida e mais tarde iria tomar a decisão em que Marc teria de fazer uma passagem pelo pit lane.

Miller, Rins, Zarco, Crutchlow e Dovizioso, nesta fase da corrida eram o Top5. Márquez depois de fazer a passagem pelo pit lane, regressava à pista na décima nona posição, e apesar de mostrar que era talvez o piloto mais rápido em pista, tinha muito trabalho pela frente. O piloto da Honda, “foi o homem da corrida” a nível dramático, ultrapassou Aleix Espargaró de forma incorrecta( não seria a única, quanto a nós!) e foi novamente penalizado com um lugar.

Na frente Rins rodava na primeira posição, mas das duas vezes em que liderava, cometeu erros e seria ultrapassado por Miller. A luta pela liderança estava ao rubro!Rins e Miller davam espectáculo e dignificavam o motociclismo. Cal Crutchlow estava sempre à espreita e começava atacar, mostrando um ritmo fantástico nas Termas.

Márquez evidenciava a sua fantástica recuperação e nesta altura era sétimo. Tinha pela frente Valentino Rossi, e a luta não se avizinhava fácil. Eis que “partiu o verniz”. Marc ultrapassa Rossi, onde nem uma mosca conseguiria faze-lo, os dois tocaram-se e o italiano ia ao asfalto, conseguindo depois retomar a corrida.

Zarco subia à liderança, depois de ultrapassar Cal. Mas que corrida repleta de emotividade! Rossi era 19º e via-se sem tempo para realizar uma recuperação até aos lugares pontuáveis, no mínimo.

30077984_378805165933067_2586318422480519168_n.jpg

Crutchlow liderava e iria conseguir vencer o GP da Argentina de motociclismo. Zarco terminava em segundo e ainda não era desta vez que conseguiria vencer na classe rainha. Alex Rins, que esteve soberbo, completava o pódio. Fantástica corrida do espanhol da Suzuki. Miller que surpreendera todos com a pole terminava em quarto, logo seguido pelo melhor homem da Yamaha, Maverick Viñales.

 

 

0001 (3).jpg

 

Fotos: Instagram MotoGP

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.