F1: GP da China – Vettel consegue a terceira seguida?

Duas seguidas logo no início do campeonato já não se via  há algum tempo nos lados da Ferrari… será que vamos ter a terceira? Pelo menos deve ser essa a vontade de Vettel, quando já se iniciaram as hostilidades no GP da China, no Circuito Internacional de Xangai.

Inaugurado em 2004,  foram precisos 18 meses para transformar um pântanos numa infraestrutura moderna para receber a F1. O desenho da pista ficou a cargo do nosso “amigo” Hermann Tilke e já acolheu os campeonatos de WTCC, F1 assim como os V8-SuperCars e Moto GP.

No ano passado teve direito a obras de melhoramento com a recta da meta a ser novamente asfaltada, retirando assim alguns ressaltos. Além desta melhoria foram feitas mais escapatórias de asfalto e alguns dos correctores foram alterados (curvas 2, 3 e 12).

É uma pista com poucas elevações, muito exigente nos pneus dianteiros, com o lado esquerdo a levar maior tareia  devido à curva 1 e 13, longas curvas para a direita feitas a velocidade média, que obrigam a um desgaste extra. A longa recta oposta à meta pode ter o efeito de arrefecer os pneus e complicar a vida aos pilotos na zona de travagem. Como é uma pista pouco usada, os níveis de aderência não são os melhores no início do fim de semana e tendem a não melhorar quando a chuva aparece, o que é algo habitual.

 

Para este fim de semana estamos à espera de uma Mercedes forte. As boas relações com a Ferrari continuam mas duas vitórias seguidas já começa a soa a falta de respeito e os flechas de prata estão no palco certo para inverter a tendência. A China costuma ser uma pista boa para a Mercedes mas a Ferrari tem do seu lado a motivação extra de ter vencido duas corridas mesmo em condições difíceis, graças a estratégias bem medidas. É alias a estratégia que tem prejudicado a Mercedes que tem mostrado rimo superior à concorrência. Vettel e Hamilton estão ao nível do ano passado, enquanto os finlandeses estão numa fase de menor fulgor, Kimi com azares e Bottas ainda sem a confiança para se impor.

No meio da tabela a luta está ao rubro e se já tínhamos a surpresa Haas temos agora a surpresa Toro Rosso, duas equipas que mostraram bom andamento na ultima corrida, especialmente Gasly e Magnussen. A Renault ainda não mostrou credenciais para se afirmar como quarta força do grid, como se esperava, a Force India vai ter um fim de semana complicado com o novo chassis ainda em fase de crescimento e a McLaren terá de dar corda aos sapatos para não ficar para trás, numa fase em que as dúvidas pairam sobre a equipa.

Sauber e Williams deverão continuar nos lugares do fundo embora a Sauber tenha mostrado algo mais em Barhein.

 

FP1 e FP2

Para já a Mercedes está no comando, com Hamilton a ser o mais rápido nas duas sessões de treinos. O equilíbrio é para já nota dominante, com as equipas a estarem separadas por pouca distância.

A estratégia vai ter um papel fundamental  e a escolha de pneus da Pirelli vai decidir muita coisa. Os ultra-macios não deverão durar muito mais que 5 voltas, 10 no máximo. Este factor irá decidir as estratégias para a qualificação (algumas corridas poderão arriscar os macios na Q2) e na corrida (quem conseguir fazer durar mais os pneus terá mais hipóteses de ter uma estratégia mais adequada).

Destaque para uma nova falha nas boxes, desta vez na McLaren. Vandoorne saiu para a pista com uma roda mal apertada o que o obrigou a parar no meio da pista. Têm sido infelizmente muitos os casos  de rodas mal apertadas e a FIA irá com certeza estar muito atenta a esta situação.

O primeiro dia está concluído e o que se esperava parece confirmar-se… a Mercedes tem um carro mais adequado a esta pista, a Ferrari não está muito longe e a Renault parece estar finalmente mais perto do top 5, acompanhado pela Haas.

 

 

 

 

Horários:

 

Sábado

TL3: 04:00 – 05:00

Qualificação: 07:00

 

Domingo

Corrida: 07:10

 

Dados da pista:

Cumprimento da pista:  5.451 km

Nº de voltas:  56

Distância de corrida: 305,066Km

Curvas: 16

Volta mais rápida + volta mais rápida em corrida:  Michael Schumacher    1:32:238

Nível de apoio aerodinâmico: Elevado

 

Traçado da pista:

Onboard da pista:

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.