Fui piloto por um dia e agora quero mais!

Tive a oportunidade de ser piloto por alguns momentos e será uma experiência que vou guardar para toda a minha vida. É algo de outro mundo, mas já vos irei contar tudo. Antes disso, queria agradecer à Kia Portugal e à CRM Motorsport por terem realizado o Kia Racing Opportunity 2018.

Não é todos os dias, que quem não tem experiência no desporto motorizado, pode sentar-se ao volante e sentir 1% daquilo que um piloto sente em todas as provas. Por isso, é de louvar quando se realiza algo assim, aberto a todos.

Agora passando ao que interessa e deixando os agradecimentos de parte, mal soube que ia haver este Kia Racing Opportunity 2018, onde o prémio final era ser piloto no novo troféu monomarca, o Kia Picanto GT Cup, nem pensei duas vezes e inscrevi-me logo mal abriram as vagas. Sabia que ia ser muito difícil conseguir uma vaga, pois eram 144 participantes para apenas 2 lugares, sendo quase como encontrar uma agulha num palheiro, mas sem tentar nunca se sabe e dos fracos não reza a história, como se costuma dizer.

IMG_6152

Para dificultar ainda mais as coisas, no dia em que viajei para Lisboa a caminho do Circuito do Estoril, acordei com uma grande gripe e febre, mas maluquinho como sou e sempre fui por automóveis (acho que já o era estando ainda dentro da barriga da minha mãe), não podia faltar e não eram 40º graus de febre que me iam adiar a oportunidade de pilotar pela primeira vez um carro de competição numa pista.

Cheguei cedo, para ver como funcionava a coisa e para ver a máquina pela primeira vez. Pode não parecer um grande carro, mas digo-vos já que este Kia Picanto é do caraças mesmo. Com uma nova admissão e um novo escape (é tão ruidoso que parece que temos o dobro da potência), o motor 1.0L Turbo de 3 cilindros viu a potência subir dos 110 para os 140 cv.

A isto, juntem uns amortecedores da Bilstein e molas Eibach, pneus quase slick da Hankook e um peso a rondar os 960 kg. O interior mantém o tablier e o volante de origem, mas o resto do interior do Picanto saltou fora e instalou-se uma roll-cage e umas bacquets da Sparco. Um verdadeiro carro de corridas.

IMG_6148

Depois de observar a concorrência que ia ter, vi logo que o meu 1% de chances em vencer isto, se tinha reduzido quase para 0. Eu, um gajo que nunca conduziu em circuito (ultimamente nem na Playstation), que apesar de ser um pé de chumbo na estrada, já sabia de ante mão, que a velocidade não ia resultar neste Picanto (devido aos pneus pequenos e à falta de autoblocante), vi os outros participantes equipados à piloto de casa… logo aí vi que eu não ia conseguir passar à final do dia.

A minha preparação consistiu em ver uns onboards no Youtube e nada mais. Nem num simulador fui conduzir. Mas chegou a minha hora e avancei sem medo (um homem do Norte não têm medo de nada), meti o capacete e entrei para dentro do Picanto. Foi aí, quando já estava colado à bacquet da Sparco, que senti uma felicidade tão grande que até me faltam as palavras para o descrever. Nunca tinha sentido tanta felicidade dentro de um carro (e já conduzi bons carros, acreditem).

Mal arranquei para a pista, com aquela sonoridade bem forte do escape nos ouvidos, até parece que tinha molhado um pouco a cuequinha. Senti que estava a realizar um sonho e na realidade estava mesmo. Sempre tive o sonho de ser piloto de automóveis e de poder competir em pista contra os melhores, por breves momentos, que passaram a voar, senti que o estava a fazer. Senti-me realizado …

IMG_6150

Já as voltas ao circuito do Estoril não foram as melhores, mas também não foi nada de muito mau. Ao início comecei um pouco nervoso e com um andamento à Ken Block, mas com o passar do tempo, com o habituar ao carro e com algumas dicas do instrutor, o nervoso miudinho desapareceu, a concentração voltou em força e comecei a atacar o traçado. Pode não parecer, mas o Estoril tem algumas curvas manhosas, especialmente para quem nunca lá conduziu, como era o meu caso.

Ataquei como sabia e da melhor maneira possível, tentado seguir sempre a linha ideal e doseando o pedal do acelerador nas curvas, pois o Picanto é bastante irrequieto quando perde a aderência. Quando otime attack começou, da 1ª para a 2ª volta baixei 2 segundos no tempo e na seguinte baixei ainda mais 1,5 segundos. Quando ia lançado para fazer a volta canhão, o sonho foi interrompido, pois já não tinha mais oportunidades e estava na hora de regressar às boxes.

Não consegui o lugar na final do dia, nem a vaga para realizar o campeonato, mas senti-me realizado, feliz e com o dever cumprido. Dei tudo o que tinha e o que sabia. Cometi alguns erros, que me valeram tempo precioso, mas como rookie isso já era de esperar. Foi a minha estreia ao volante de um carro de competição e a conduzir num circuito. Cumpri os objetivos pessoais de não ser o último na classificação, de não sair fora de pista, nem de entrar em despesas.

IMG_6149

Foi um dos dias mais felizes da minha vida e que ficará para sempre na minha memória. Realizei um sonho de criança. Isso e de saber que dei quase 190 km/h num Picanto na reta da meta! Tentarei participar numa próxima ocasião, agora que tenho mais conhecimento do circuito, as hipóteses melhoram um pouco. Pois se já tinha o bichinho de ser piloto, sem nunca ter experimentado, agora que experimentei, a paixão aumentou e era isto que eu queria fazer para o resto da vida …

Para acabar queria dar os parabéns aos dois vencedores do Kia Racing Opportunity 2018 (Henrique van Uden e Rui Silva) e desejar muita sorte para ambos neste novo campeonato, o Kia Picanto GT Cup.

Flat Out. Boas Curvas

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.