Estrada – Quando um clássico atinge os 60 milhões de euros!!

O extraordinário Ferrari 250 GTO é há muito tempo um dos clássicos mais caros à venda em todo o mundo. Falamos de um carro que só teve 39 unidades construídas. Mas na semana passada, tornou-se no mais caro de sempre ao ser vendido por 70 milhões de dólares (cerca de 60 milhões de euros). David MacNeil, CEO da WeatherTech (empresa de acessórios para carros) comprou este 250 GTO de chassis número 4153GT de 1963.

1963-ferrari-250-gto_6-e1528127969690

Este é o exemplar mais bem conservado de todos os que existem e com muito historial na competição automóvel, pois este mesmo Ferrari 250 GTO, competiu dois anos pelas equipas Ecurie Francorchamps e Equipe National Belge, participou nas 24 Horas de Le Mans em 1963 (terminou no 4º lugar), ganhou a famosa Tour de France, participou no GP de Angola, fez dezenas de ralis e provas de clássicos, incluindo o Goodwood Revival por duas vezes. E o melhor de tudo, é que apesar de tantas provas realizadas por esse mundo fora, nunca teve um acidente.

É com toda a certeza dinheiro muito bem gasto …

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.