WEC/Le Mans – Pilotos portugueses sem sorte em Le Mans

Os pilotos portugueses presentes na 86.º edição da grandiosa prova das 24 Horas de Le Mans tinham muitas expectativas de poder fazer um bom resultado. Mas infelizmente nenhum deles conseguiu chegar ao fim da prova.

Filipe Albuquerque e Pedro Lamy tinham muitas hipóteses de chegar ao pódio ou até à vitória nas suas categorias. Já António Félix da Costa fazia a sua estreia em Le Mans como fazia também o novo BMW M8 GTE Pro, o que fazia antever que iria ser difícil alcançar os lugares cimeiros da categoria, mas Félix da Costa tem as capacidades certas e o talento para fazer andar o M8 bem depressa.

Mas Le Mans é “manhosa” e basta um descuido numa fração de milésimas de segundo para deitar tudo a perder. E foi isso que infelizmente aconteceu aos pilotos portugueses. E tudo sem eles terem culpa …

Paul Dalla Lana (sempre o mesmo) seguia ao volante quando saiu de pista com o Aston Martin Vantage #98, acabando por danificar o carro. Alexander Sims bateu com o BMW M8 GTE #82, danificando a suspensão. Paul di Resta seguia ao volante do Ligier #22 da United Autosports, que estava a fazer uma grande recuperação depois de alguns problemas mas um embate ditou também o fim da corrida.

O Ligier #25 da equipa portuguesa da Algarve Pro Racing Team foi também obrigado a desistir com problemas na caixa de velocidades.

Esperamos que na edição do próximo ano, as coisas corram melhor aos pilotos portugueses.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.