F1 – Kevin Magnussen, O Confiante ou O Agressivo?

Kevin Magnussen criou, no fim de semana passado em Silverstone, mais um episódio que o coloca no centro de mais criticas por parte dos seus pares. Desta vez, foi o experiente Fernando Alonso que o criticou via rádio, ainda durante a corrida, devido a algumas manobras mais “físicas” por parte de Kev Mag.

Se “googlarem” o nome Kevin Magnussen, poderão ler um artigo do tempo em que o dinamarquês assumiu a posição de piloto da McLaren e um das coisas que os autores do artigo apontaram sobre o dinamarqês foi a sua confiança e que, na altura, Jenson Button deveria ter cuidado. Ora, tal não concretizou, embora sejamos da opinião que Kevin Magnussen foi “queimado” na equipa liderada nesse tempo por Ron Dennis, assim como o foi Sergio Pérez.

No entanto, a carreira de Kevin Magnussen tem tido altos e baixos e a sua postura dentro do desporto muitas vezes criticada… bastante criticada, sejamos sinceros. Se em 2017, Nico Hulkenberg em público apelidou Magnussen como o “piloto menos desportivo”, desta vez Fernando Alonso afirmou para a sua pitwall que “o que vejo de Magnussen nunca vi na vida”, depois de ter dito que ele o empurrou para fora da pista.

Uma coisa é certa: Kevin Magnussen tem colhido consensos… um consenso generalizado no paddock que é um piloto demasiado agressivo. Um piloto que diz que “vou morrer no carro”, depois das criticas de Pierre Gasly após o GP de Azerbaijão, tem de ter alguém com cabeça fria lhe diga que estamos bem isso. Gostamos muito de pilotos agressivos e competitivos, mas com juízo suficiente para não estragar o desporto que gostamos.

Têm os seus pares razões para criticar desta forma Kev Mag?

 

Ou Kevin Magnussen é duro, mas justo?

 

A Haas tem nesta altura um problema grande para lidar e não é na F1, mas sim com dois pilotos de desenvolvimento, colegas de equipa nesse campeonato. Um deles, o americano Santino Ferrucci foi banido das duas próximas rondas (4 corridas) por conduta anti-desportiva causada pelo toque no monolugar de Arjun Maini, o seu colega. Se Guenther Steiner já tem que lidar com este problema, possivelmente não quer mais deste tipo com que lidar.

 

Foto de capa: Haas F1 Team

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.