CPM -Trovoada e chuva intensa condiciona primeiro dia

Manuel Correia mais rápido na Sessão de Treinos Oficiais. 

A Rampa da Sra. da Graça teve um primeiro dia a ‘meio gás’ devido ao mau tempo que se abateu sobre a zona de Mondim de Basto, onde decorre a prova do Campeonato de Portugal de Montanha JC GROUP, organizada pelo CAMI Motorsport.

Assim, das quatro subidas previstas para este primeiro dia da penúltima prova da temporada, apenas se realizou o warm-up inicial e a primeira subida oficial de reinos, sendo canceladas a outra sessão de treinos e a subida de prova que estavam no programa, sendo esta ultima adiada para amanhã.

A decisão foi tomada pela organização devido a questões de segurança.

O ‘warm-up’ foi a única subida que se fez sem qualquer percalço e com o traçado do Monte Farinha ainda completamente seco, pelo foi com naturalidade que Rui Ramalho foi o mais rápido, com o tempo de 2m22,193s, no Osella PA EVO 2. O piloto do Porto, recém coroado bicampeão nacional de Montanha, já nem faria a primeira subida de treinos, devido ao piso molhado.

José Correia seria o segundo mais rápido, a pouco mais de dois segundos, no Nissan GT-R GT3, e Hélder Silva o terceiro, no Juno CN09, no segundo melhor protótipo, e dois segundos do piloto de Braga.

Manuel Correia foi, com esta subida em piso seco, o mais rápido dos pilotos dos Turismo, e Divisão 2, conseguindo mesmo ser mais veloz do que Nuno Guimarães no BRC, o terceiro dos protótipos. Luís Nunes fechou o top seis, segundo dos Turismo e o mais rápido da classe 1 no Audi RS3 LMS, antecedendo Joaquim Teixeira, que no Seat Leon Eurocup MK3 foi o melhor dos Turismo 3.

Parcídio Summavielle levou a melhor nos Turismo 1 com o seu Renault Clio, enquanto Carlos Silva foi o melhor dos Turismo 2, no Peugeot 106.

No Campeonato de Portugal de Clássicos de Montanha JC GROUP José Pedro Gomes foi o mais veloz, com uma subida em 2m48,676s, superando por larga margem o seu ‘eterno’ rival Flávio Saínhas, o mais rápido da Divisão 5.

Já na Taça de Portugal de Montanha 1300 o mais forte foi Leonel Brás no seu Citroën AX Sport, enquanto o melhor na Divisão 6 foi António Torres da Silva. Finalmente na Taça de Portugal de Clássicos de Montanha 1300 a primazia foi para Abel Marques no Autobianchi A112.

Infelizmente o motor partido no Volkswagen 1303 de Carlos Fava e sobretudo a chuva acabaram por atrasar o programa e levar a que apenas alguns concorrentes participassem na primeira subida de treinos.

Manuel Correia acabou ser o mais rápido nesta sessão oficial, com o Ford Fiesta R5+, diante de Leonel Brás, no Citroën AX Sport, e Joaquim Teixeira, no Seat Leon Eurocup MK3.

 

Joaquim Amândio Santos / Nuno Barreto Costa

 

HORÁRIO DE DOMINGO

8h30    Corte de trânsito

10h00    Treinos livres

11h00    3ª Subida de Treinos

12h00    2ª Subida oficial

13h00    3ª Subida oficial

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.