Ehrlacher: “definitivamente o título é o objectivo”

Yann Erhlacher é um dos talentos que emergiu no extinto WTCC e que continuou a mostrar a sua classe no WTCR, com pódios, vitórias e até a liderar a taça do mundo a meio da época. Para 2019 trocou o Honda Civic do ano passado pelo novíssimo Lynk & Co 03 TCR, tendo-se juntado à Cyan Racing num dos mais cativantes line up da próxima temporada. Mas o que sente o piloto agora que assentou os pés na terra?

Há dois anos ninguém te conhecia a nível internacional, mas agora tens esta oportunidade com a Lynk & Co e a Cyan Racing. Qual é a sensação?
É louco. Até um ano e meio atrás, ninguém me conhecia internacionalmente. Mas depois de duas temporadas nos turismo, ter lugar numa equipa tão profissional e ter essa oportunidade é uma hipótese incrível e eu estou muito grato à Cyan por pensar em mim.

Porquê tu, o que trazes para a equipa?
No ano passado eu tive uma óptima ferramenta nas minhas mãos com a Honda, uma grande equipa em meu redor com a ALL-INKL.COM Münnich Motorsport, que me proporcionou uma grande oportunidade de pontuar, de conquistar vitórias e, a meio da temporada, lider o campeonato. Foram os principais argumentos para atrair a Cyan.

Vais juntar-te a três campeões mundiais. Como é que isso te vai ajudar ?
A equipa tem bons engenheiros e boas pessoas para cuidar de nós. Tudo é pensado para
trazer o desempenho o mais alto possível. Tenho três companheiros de equipa que são campeões mundiais com oito títulos compartilhados entre eles, o que é realmente enorme. Será apenas a minha terceira temporada a este nível, ainda tenho muitas coisas para aprender, muita experiência para adquirir. É definitivamente o melhor lugar para estar, uma grande oportunidade.

Quais foram as primeiras impressões sobre o TCR Lynk & Co 03 nos testes do mês passado?
“O carro é óptimo, o encaixe do assento é óptimo, o posicionamento no carro é óptimo, agora temos que adquirir alguma experiência e confiança com a equipa, o procedimento que vamos montar e coisas assim, porque tudo é novo para mim. Mas isso é bom para mim e estou muito feliz em saber como as coisas rápidas estão indo. Foi um óptimo primeiro contacto com este Lync & Co 03 TCR. ”

Podes ganhar o título em 2019?
Vou ter uma das melhores ferramentas e talvez uma das melhores equipas em meu redor para fornecer o melhor desempenho, por isso, definitivamente o título é o objectivo. Tenho bons companheiros de equipa, mas há muitos outros pilotos muito bons no pelotão. Em 2018 o nível já era muito alto, mas em 2019 o nível aumentou, com o regresso de [Augusto] Farfus e de [Nicky] Catsburg e também o Andy Priaulx.
Vai ser incrível e vou trabalhar muito, mas o resultado será o produto do trabalho que faço.

O período difícil que sofreste depois de um início tão forte na temporada de 2018
dá-te motivação extra para teres sucesso em 2019?
Na segunda parte da temporada, estivemos sem um sorte, tivemos alguns incidentes e tivemos alguns azares com a falha do motor [no Japão]. Mas o desempenho em qualificação estava sempre lá. Foi uma boa experiência para gerir uma situação difícil e este ano será ainda mais dificil. Definitivamente não será uma pressão extra nos meus ombros porque, como digo sempre, a única pressão que tenho é nos pneus! Claro que haverá pressão sobre todos porque há a Lynk & Co por trás de nós, mas definitivamente não vou estar muito sob pressão.

Competiste contra o teu tio Yvan Muller, mas agora estás na mesma equipa dele, o que isso significa?
“Esse foi um dos argumentos quando tomei esta decisão contra outras opções que tinha e é uma das razões que me empurraram para a Cyan. Não foi o principal motivo, havia muitos outros argumentos. Já competir contra ele no mesmo campeonato é uma engraçado, isso é algo bom para compartilhar um com o outro. Mas agora somos parte da mesma equipa que é um passo em frente, além disso, estou muito feliz. Vamos trabalhar juntos e ele está a dar-me conselhos porque tem 25 anos de carreira e eu tenho apenas cinco. É uma boa sensação ser companheiro de equipa do Yvan e também do Andy, porque quando era criança seguia as corridas quando lutavam um contra o outro. Lembro-me tão bem de estar acordado às 3 ou 4 da manhã para ver a final de Macau quando competiam entre si pelo título. A oportunidade que tenho agora é incrível.

 

Press Info WTCR

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.