Estrada – A (r)evolução do novo Renault Clio

O citadino mais vendido em toda a Europa desde 2013, vai receber uma nova geração. Geração essa que será apresentada no próximo Salão Automóvel de Genebra. As primeiras unidades estão previstas chegar ao nosso país no final do primeiro semestre.

Mas enquanto não chega a apresentação oficial, a Renault libertou imagens do interior e exterior da nova geração do Clio. Se no exterior as mudanças não são assim tantas, já no interior a história é outra. A Renault operou uma enorme revolução no interior, de modo a tentar acabar com todos os aspetos menos bons que o atual modelo tinha.

A marca francesa promete materiais de melhor qualidade para os painéis das portas e para o topo do tablier. O cliente vai ter à disposição 8 tipos de ambiente para escolha, que permite alterar os revestimentos de várias partes do novo tablier.

O volante é novo e passa a ser mais pequeno que o atual. O painel de instrumentos passa a ser 100% digital e pode ter 7″ ou 10″ de tamanho. Dependendo do modo selecionado (Eco, Sport ou Individual) o grafismo do painel muda.

Na parte central do tablier passa agora a estar um ecrã com 9,3″ de tamanho para controlar todas as funções multimédia. Mas para facilitar a mudança de menus, especialmente quando se conduz, a Renault colocou teclas “tipo piano” de acesso rápido. Também a parte da climatização está separada mais em baixo com 3 comandos rotativos. A alavanca da caixa de velocidades está agora mais alta e perto do volante.

O porta-luvas cresceu dos 22 para os 26l de capacidade. A nova geração do Clio passa a contar com os bancos do Mégane, passando assim a ser mais confortável para os ocupantes. A Renault aumentou também o espaço a bordo, quer nos lugares da frente, quer nos lugares de trás. A capacidade da mala aumentou para os 391l e conta com um fundo falso.

Esta nova geração vai assentar na nova plataforma CMF-B, mais leve e que vai permitir montar motores elétricos. Por fora, a Renault preferiu mais evoluir do que fazer uma revolução. Nota-se bem que mantêm grande parte do design da geração atual, mas com linhas mais dinâmicas e um perfil mais desportivo. O novo Clio encolheu 14 mm em comprimento e 30 mm em altura. Conta com 11 cores no catálogo e 3 cores contraste para aumentar ainda mais as opções de personalização.

A Renault instalou defletores de ar nas cavas das rodas dianteiras, para melhorar a aerodinâmica, reduzindo assim os consumos e os barulhos da deslocação do ar. Na frente, vamos contar com faróis 100% LED de série em todos os níveis de equipamento. Já as luzes traseiras recebem também uma nova assinatura luminosa.

O nível de equipamento GT Line desaparece e dá lugar ao nível RS Line, com um design muito mais desportivo por dentro e por fora. Para tornar tudo ainda mais luxuoso pode-se optar pelo o nível Initiale Paris.

Fotos: NetCarShow.com

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.