MotoGP – GP do Qatar: Andrea Dovizioso vence. Miguel Oliveira é 17.º

Foi uma corrida e pêras no circuito de Losail no Qatar. A primeira ronda do campeonato de MotoGP está terminada e teve um final de cortar a respiração. Mas já lá vamos.

A começar Fabio Quartararo viu a sua Yamaha não pegar para arrancar para a volta de aquecimento e teve que partir para a corrida do pit lane. Um grande revés para o piloto francês que se qualificou no 5.º lugar. Os três primeiros na linha de partida eram Maverick Viñales em Yamaha, Andrea Dovizioso em Ducati e Marc Márquez em Honda.

Quando o semáforo passou a verde, os melhores a partir foram Dovizioso, Miller, Márquez, Crutchlow, Nakano, Mir, Rins, Viñales. Petrucci e Rossi. A partir daqui Dovi passou para a dianteira da corrida mas sempre seguido pelas Suzuki que estavam com um andamento muito forte.

Miguel Oliveira a fazer a sua estreia na categoria rainha arrancou bem da 17.º posição e começou logo a ganhar terreno aos da frente. Quando faltavam 18 voltas para o fim, Oliveira já seguia na 13.º posição.

Na frente seguia tudo muito junto e Marc Márquez e Alex Rins foram sempre uma dor de cabeça para Dovizioso com muitas trocas de posição entre si. Logo atrás destes vinham mais cinco pilotos sempre colados e à espera de um erro dos três da frente.

A 13 voltas do fim, Dovizioso, Rins e Márquez continuavam a luta entre si pela liderança da corrida e iam trocando de posição com frequência. As Yamaha rodavam mais atrás com Viñales em 7.º e Rossi em 9.º. Entretanto Francesco Bagnaia já tinha abandonado com problemas na Ducati da Alma Pramac.

A 10 voltas do fim os primeiros cinco rodavam quase colados e Jack Miller abandonava também. Não foi um bom começo para a Alma Pramac. Nesta altura Crutchlow e Petrucci juntavam-se à “festa” pelas primeiras posições.

A 6 voltas do fim Miguel Oliveira começava a ser ultrapassado e ia perdendo lugares. Valentino Rossi que parecia adormecido começava a ganhar velocidade e já tinha subido ao 6.º lugar.

A 3 voltas do fim Dovizioso continuava a ser pressionado por Márquez e o espanhol da Honda ainda conseguiu passar para a liderança da corrida mas por pouco tempo. Alex Rins com a Suzuki comete um erro ao alargar muito numa curva e Cal Crutchlow em Honda aproveitou logo para subir ao 3.º lugar.

Na última volta era todo ou nada para Márquez e o piloto da Honda cerrou os dentes e atacou com tudo o italiano da Ducati. Os dois batalhavam lado a lado entre si, com várias mudanças de posição. Mesmo no último suspiro, na última curva antes da meta, Marc Márquez passa Andrea Dovizioso mas alargou demais a trajetória e com isso, o piloto da Ducati conseguia o “danoninho” de espaço para poder cruzar a linha de meta no 1.º lugar.

Marc Márquez teve que se contentar com o 2.º lugar. O espanhol deu tudo nos últimos metros e só aquele pequeno erro o traiu. Cal Crutchlow regressado de uma grave lesão termina o GP do Qatar na 3.º posição. A primeira corrida foi de loucos e quase era preciso um foto finish para saber qual era o vencedor. Temos campeonato do bom este ano meus meninos!!

Já Miguel Oliveira com a KTM terminou a sua primeira prova do MotoGP na 17.º posição. O piloto português arrancou bem, ganhou muitas posições, chegou a rodar em 13.º mas com o aproximar do fim da corrida, o piloto de Almada foi perdendo lugares e caindo na tabela.

43AB873F-AF83-4CDC-96F8-C6C5A6E52A22

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.