WRC – Elfyn Evans lidera ao fim do 1.º dia do Rali da Córsega

Kris Meeke começou com o pé direto a edição 2019 do Rali da Córsega ao ser o mais rápido no shakedown de abertura. Mas quando passou a ser a sério, os problemas começaram logo a aparecer.

Meeke acertou em algo numa curva e perdeu um pneu da frente, perdendo logo 51s na SS1. Logo a seguir Sébastien Loeb em Hyundai bateu num lancil quando escorreu demais numa curva e partiu a suspensão traseira. Sébastien Ogier perdeu também algum tempo com um pião. Sem problemas nem stress, Elfyn Evans em Ford venceu a primeira etapa.

Na SS2 os Toyota começaram a carburar melhor e Kris Meeke venceu a etapa, seguido de Ott Tänak e de Dani Sordo em Hyundai.

Na SS3 os dois Toyota continuaram sempre juntos e com um ritmo muito igual. A vitória da etapa sorriu a Ott Tänak seguido bem perto por Kris Meeke que fez mais 00.5s. Já Elfyn Evans mostrava que o Ford Fiesta estava com um excelente andamento e foi o terceiro mais rápido. Já Jari-Matti Latvala sentia que estava a dar o máximo de si e do carro mas os tempos eram lentos. A utilização das notas de 2015 era a explicação do piloto para esta situação.

Depois da pausa a meio do dia, Elfyn Evans em Ford vencia a SS4 e subia à liderança do rali com uma vantagem de 1.4s sobre Tänak em Toyota. Neuville em Hyundai seguia como terceiro mais rápido. Esapekka Lappi em Citroën continuava sem encontrar o ritmo certo para o C3 WRC. Loeb em Hyundai continuava a remar contra a maré e a tentar recuperar o tempo perdido logo ao início do rali.

Evans em Ford Fiesta continuava muito forte sem problemas nem erros e garantia a vitória também na SS5. Já Tänak em Toyota não foi tão rápido e viu a sua desvantagem para o piloto da Ford subir de 1.4s para 4.5s. Já Meeke em Toyota chegou ao fim da etapa com a suspensão traseira danificada e Jari-Matti Latvala perdeu algum tempo a mudar um pneu depois de um furo lento. Lappi continuava lento e a queixar-se que o C3 WRC não dava mais.

Na última etapa do dia as coisas não correrem bem para Kris Meeke em Toyota que partiu a suspensão traseira do Yaris e seguiu o resto do troço em marcha lenta. Devido a isso Elfyn Evans em Ford, não conseguiu ultrapassar o piloto da equipa japonesa e perdeu demasiado tempo até à linha de chegada. Se ao início a liderança passou de Evans para Ott Tänak em Toyota, devido a este contratempo, logo a direção de prova repôs o tempo ao piloto da M-Sport, que assim se manteve na liderança do rali da Córsega.

O dia termina com Elfyn Evans em Ford na frente do Rali da Córsega com uma vantagem de 4.5s sobre Ott Tänak em Toyota e de 9.8s sobre Thierry Neuville em Hyundai.

No WRC2 o líder é Eric Camilli em VW Polo R5 seguido de Yoann Bonato em Citroën C3 R5 e de Nikolay Gryazin em Skoda Fabia R5. Em WRC2 Pro o líder é Kalle Rovanpera em Skoda Fabia R5 seguido de Lukasz Pieniazek em Ford Fiesta R5.

📸 @World/A.Lavadinho/A.Vialatte/C.Lopez/G.Makai/R.Oliveira

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.