Estrada – Um Mini elétrico de 90 mil euros?!

É verdade meus caros! Este E Classic Mini tem um preço base de 79 mil libras, ou seja, mais ou menos 90 mil euros. E não, não é feito oficialmente pela Mini. Trata-se de um projeto realizado por uma preparadora inglesa, a Swindon Powertrain.

O objetivo é transformar 100 unidades do Mini da década de 1960, num carro totalmente novo e movido a eletricidade. Esta empresa inglesa pega nos carros, restaura-os para as suas formas originais e depois coloca debaixo do capot um motor 100% elétrico.

Se por fora este Swind E Classic Mini mantêm a imagem e todos os traços de design do icónico modelo criado por Sir Alec Issigonis, já por dentro a coisa não se fica por aí. Como estamos em 2019 e a tecnologia é o forte da atualidade, esta reinterpretação do clássico Mini recebe todas as comodidades que antigamente não existiam.

De série, contamos com aquecimento por piso radiante, bancos em couro aquecido, entradas USB e desembaciador do vidro da frente e de trás. Mas em opção, podemos optar por ainda mais tecnologia. Temos à disposição um sistema multimédia com GPS, teto em tecido deslizante, vidros elétricos, ar condicionado, fecho centralizado e direção elétrica assistida.

É possível pedir também à Swind para aumentar a potência do motor e  há ainda seis cores diferentes para escolher e personalizar a gosto.

A nível da motorização, a Swindon montou um motor de 80 kW (+/- 107 cv) e ainda umas baterias de iões de lítio com 24 kWh de capacidade. Assim este Mini tem uma autonomia de 200 km. Conta ainda com travagem regenerativa para aproveitar o para-arranca do trânsito urbano. As baterias demoram 4 horas a carregar numa tomada de Type 2.

Claro está, para que estas modificações fossem bem feitas, algumas coisas do Mini original tiveram que ser modificadas, pelo o menos a nível estrutural. Há novas suspensões, novos travões, o centro de gravidade baixou 44 mm e a distribuição de peso passou a ser de 57%/43% em vez de 68%/32%.

A nível de peso, o E Classic Mini engordou 80 kg, passando a acusar na balança 720 kg. Mesmo assim a sua aceleração dos 0-100 km/h é de 9,2s e atinge uma velocidade máxima de 130 km/h.

Se estão interessados fiquem já a saber que a empresa britânica está já a construir as primeiras unidades, depois de mais de 16 mil km de testes. A venda deste Mini elétrico está aberta a todas as partes do Mundo e a Swindon vai fazer unidades com volantes à direita e à esquerda.

Fonte/Fotos: Wattson

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.