CPK – Fábio Mota soma pontos em fim-de-semana difícil

A ronda do Kartódromo Internacional de Leiria do Campeonato de Portugal de Karting foi madrasta para Fábio Mota, que terminou o terceiro evento da temporada no quinto posto da classe Master da categoria X30 Super Shifter.

Depois de um dia de sábado difícil, em que procurou as melhores afinações para o seu Birel Iame Super Shifter, a manhã de domingo começou de uma forma mais positiva, com a Motocane a encontrar o caminho certo para o comportamento do kart do piloto de Vila Nova de Gaia.

Com isto em mente, e sempre a progredir o “set-up” da sua montada, Fábio Mota entrava para a Segunda Manga de Qualificação determinado em ganhar lugares de modo a assegurar um bom lugar na grelha de partida para a Final.

Contudo, logo no arranque, quando procurava subir na classificação, um adversário mais agressivo empurrou-o para fora de pista, caindo para o décimo primeiro lugar. Apesar da contrariedade, o gaiense não baixou os braços e, com um ritmo ao nível dos cinco primeiros, recuperou, terminando no nono posto.

A alinhar no nono lugar para a Final, Fábio Mota tinha como objectivo recuperar, mas ainda antes da prova ter o seu início, um problema de embraiagem impediu-o de sair da pré-grelha, zona de onde arrancou.

Em dificuldades técnicas e com um calor extremo a fazer-se sentir no kartódromo leiriense, o piloto de Vila Nova de Gaia realizou uma prova de sacrifício, terminando no nono lugar da geral, quinto da classe Master. “A nossa prova terminou ainda antes de começar, com os problemas de embraiagem a condicionar todo o meu desempenho. Não pude fazer a volta de aquecimento, logo arranquei com os pneus sem as pressões correctas e, depois, o motor não progredia, perdendo muito tempo por volta. Só me restava tentar terminar e somar pontos para o campeonato, o que consegui!”, apontou Fábio Mota.

Após um fim-de-semana com tantos episódios que o colocaram à prova, o gaiense está já de olhos postos na próxima prova da temporada. “Este não era o nosso fim-de-semana! Andámos sempre à procura da melhor afinação. Quando a encontrámos, foram incidentes a provocados por outros pilotos a condicionarem os nossos resultados. No final, foi um problema técnico a impedir-nos de podermos concretizar o nosso andamento numa posição do pódio, que estava ao nosso alcance se olharmos para os tempos. Ficam os pontos e a forma como toda a equipa reagiu às adversidades. Vamos focar-nos na próxima ronda e trabalhar para termos bons resultados em Viana do Castelo”, afirmou o piloto apoiado pela Motocane.

A etapa seguinte do Campeonato de Portugal de Karting realiza-se em Viana do Castelo nos dias 13 e 14 de Julho.

Press Info

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.