Estrada – A110S, a versão mais racing do Alpine

A marca de Dieppe não perdeu tempo e quis melhorar já, o que já era muito bom. O A110 recebe assim uma versão com um pacote mais “racing”, com mais potência, para mais sensações ao volante.

O novo A110S mantém o mesmo motor 1.8l de 4 cilindros trás dos bancos mas com um aumento de potência de 40 cv. Assim este bloco também usado no Mégane RS passou a debitar 292 cv às 6.400 rpm, mas mantém o binário nos 320 Nm entre as 2.000 e as 6.400 rpm. A nível da caixa tudo continua igual, contamos com uma caixa automática de dupla embraiagem com sete velocidades. A caixa manual continua fora de questão para estes senhores da Alpine!

Para digerir este aumento de potência e melhorar as sensações de quem está ao volante, a Alpine aumentou a firmeza das molas, dos amortecedores e das barras estabilizadoras. A distância ao solo foi reduzida em 4 mm e até os batentes da suspensão foram afinados.

A nível de pneus encontramos os Michelin Pilot Sport 4 mas neste A110S tornaram-se mais largos. Os travões foram reforçados e contam agora com pinças da Brembo. A nível da electrónica a Alpine recalibrou o controlo de tração e o modo Track. Tudo para melhorar a estabilidade a velocidades elevadas e manter uma condução precisa e focada do condutor.

Para se distinguir do normal A110, esta versão mais apimentada conta com uma nova cor cinzenta mate (Gris Tonnerre), umas novas jantes em preto, pormenores em fibra de carbono no pilar B e ainda com as pinças de travão pintadas em cor de laranja. Há ainda em opção um teto em fibra de carbono que reduz o peso do carro em 1,9 kg e umas jantes forjadas Fuchs.

Já no interior os tons escuros imperam para dar aquele toque desportivo que todos nós gostamos. O revestimento dos bancos, do teto e dos painéis das portas passam a ser de cor escura, com as costuras dos tecidos em cor de laranja e os pedais passam a ser em alumínio. Como opção temos uns cintos Sabelt com acabamento em fibra de carbono.

Claro que estas modificações aumentaram o peso deste A110S em cerca de 11 kg, acusando na balança 1.114 kg. Mesmo assim e graças ao aumento de potência, a relação peso-potência é de 3,8 kg/cv contra os 4,3 kg/cv do normal A110. Já as prestações não tiveram assim um grande impacto com estas alterações. A aceleração dos 0-100 km/h ficou nos 4,4s (-0,1s) e a velocidade máxima é de 260 km/h (+10 km/h).

Para já, e segundo informações da Alpine, o A110S já está disponível para encomenda mas apenas em alguns países. Já a nível de “carcanhol” apenas foi divulgado o preço para França, que começa nos 66.500€.

📸 NetCarShow.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.