Regresso às pistas de extrema qualidade para Edgar Florindo

Foi um regresso em grande o de Edgar Florindo à competição, depois de um ano parado. O piloto do Cupra TCR venceu duas das 3 corridas do Open de Velocidade e foi um dos pilotos que mais animou o público que marcou presença em grande números, com excelentes ultrapassagens. 

A edição número 50 do Circuito Internacional de Vila Real ficará para sempre marcada na memória do piloto, que quis fazer parte da enorme festa nas ruas da sua cidade. A caminhada de Edgar Florindo começou com uma boa prestação nos treino livres, terminando com o terceiro melhor tempo na primeira sessão e o melhor tempo nos treinos livres 2. Na qualificação, sem conseguir ter uma volta limpa, sem encontrar outro em pista e mais lentos, Edgar foi o terceiro mais rápido dos carros TCR em prova. 

Na corrida 1, o vilarealense atacou desde cedo o piloto Robin Vaks num Honda Civic, já que o responsável pela pole position, Francisco Mora tinha batido ainda na volta 1 e Edgar Florindo seguia em 2º e via a possibilidade forte de poder vencer a corrida. Isso mesmo aconteceu, depois da ultrapassagem ao adversário na rotunda da Araucária na última volta. Se o objectivo passava por divertir-se e fazer a festa, a vitória logo na corrida 1, fez com que os festejos começassem cedo. 

Na corrida 2, Edgar subiu novamente ao pódio, mas na terceira posição, tendo-se resguardado para a corrida 3, a única corrida do Open com paragem obrigatória e com a duração de 40 minutos, algo muito agreste para quem não competia desde a edição anterior do CIVR. Ainda assim, Edgar Florindo manteve-se na liderança da corrida e aliada a uma boa estratégia por parte da equipa Veloso Motorsport, a condução do piloto que sofreu bastante com o desgaste fisico, levou a que pudesse repetir mais um pódio no lugar mais alto. Novamente vencedor do TCR com a volta mais rápida neste tipo de carros no bolso.

O piloto estava muito satisfeito por ter vencido na “sua” pista e orgulhoso pelo muito apoio demonstrado pelos adeptos. 

“Foi um fim de semana fantástico e que guardarei na memória por muitos anos. Estive afastado da competição tanto tempo e mesmo assim, com a apoio do público, consegui deixar a minha marca na 50ª edição do Circuito Internacional de Vila Real”, comentou o piloto após o fim de semana.

“Não posso deixar de lembrar o esforço da minha família que sempre me apoiou, o público fantástico e os meus amigos. Quero agradecer à Veloso Motorsport pelo carro que me pôs à disposição e aos meus patrocinadores, os que se mantêm já por vários anos e aos novos, que se juntaram a mim para este momento único na minha carreira.”

Edgar Florindo não tem ainda planos para o seu futuro no desporto motorizado, sendo agora tempo de descansar e aproveitar, deixando para breve uma decisão quanto ao automobilismo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.