Utilizar até 6 meses do download. 30/01

Quanto lucro tem uma equipa de F1? – O caso da Toro Rosso

A resposta à pergunta do título não é, com certeza, a pensar na Williams. Agora a sério, se a Williams tiver tido lucro em 2019, nós caímos para o lado só de rir. O artigo é escrito com base nos valores avançados pela Forbes acerca do anunciado pela Toro Rosso em relação ao ano de 2018.

A Toro Rosso, que passou a designar-se AlphaTauri, tem sede em Itália, onde este tipo de informação necessita de ser publicado integralmente, ao contrário das suas adversárias que têm base no Reino Unido e apenas podem revelar dados muito genéricos. Assim, fora das ilhas britânicas, sobram apenas a Toro Rosso e a Scuderia Ferrari e já que esta é apenas uma divisão do fabricante italiano, os seus lucros/prejuízos são “camuflados” dentro dos resultados do grupo. Ficamos com a Toro Rosso.

A “equipa B” da Red Bull ganhou milhões com a associação à marca de bebidas energéticas. São €74.4 milhões que a marca pagou pelo espaço publicitário nos carros italianos, mais de 45% do valor ganho pela equipa durante 2018. É realmente uma associação milionária entre austríacos e italianos.

€27.2 milhões vêm ainda da receita com outros patrocínios, €53.6 milhões dos prémios pagos pela F1 e uma pequena parcela (mas que daria um jeito enorme cá em casa) de “apenas” €733,000 resultam das vendas de materiais e peças suplentes. Se compraram algum boné da equipa em 2018, aqui está o vosso dinheiro!

bookf1_banner_728_90

Em relação às despesas, não foi o pagamento dos salários de todo staff, excluindo pilotos, que gerou mais gastos (€35.9 milhões), mas sim a compra de roupa para a equipa, autocolantes e peças para a construção dos carros que deu mais despesa. Foram €50,7 milhões despendidos para esse efeito. As viagens, manutenção e reparações, salários dos pilotos e energia e telecomunicações geraram uma despesa total de €40.9 milhões.

Entre a receita e a despesa, a Toro Rosso apresentou um lucro operacional cerca de €2,27 milhões. Contas feitas depois do pagamento dos impostos, foram mais de €1,6 milhões de lucro líquido para os senhores italianos.

Respondendo à questão principal do artigo… €1,6 milhões. Quase que dava para comprar dois McLaren P1. Têm que fazer melhor esta época!

Fonte: forbes.com 

bookf1_banner_728_90

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.